Ataque cibernético Wanna Cry

      Comentários desativados em Ataque cibernético Wanna Cry
Compartilhe

ATAQUE CIBERNÉTICO “WANNA CRY”

 

 

O que é Wanna Cry?
Traduzindo significa “Quero chorar”.

Sobre o ataque.
Dia 12 de maio de 2017 entrou para a história como o maior ou um dos maiores ataques cibernéticos mundial, atacando principalmente as vulnerabilidades dos computadores com o sistema operacional Windows. Até a data de 16/05/2017 a Apple diz não ter tido nenhum ataque grave no MAC, mas existe uma chance real de ataque.

Como meu computador é infectado?
A infecção pode ser remota, ele se auto instala sem precisar abrir ou executar nenhum programa ou arquivo, ou ele pode ser executado principalmente através de arquivos maliciosos recebidos, no caso, via e-mail.
Ele bloqueia os seus dados, por isso o nome de “sequestro de dados”, e só é acessível depois mediante pagamento, porém já houve vários relatos de empresas e pessoas que pagaram, mas não receberam a senha para acessar novamente seus arquivos. Especialistas aconselham não pagar o resgate.

Qual a intenção desse ataque?
Nenhuma informação clara foi divulgada sobre a intenção do ataque, mas alguns especialistas dizem que inicialmente deve ter sido para verificar a potência ou abrangência do ataque de vulnerabilidades, e consequentemente arrecadar fundos de quem pagasse o resgate.

Quem atingiu?
Especialistas dizem que não tinha um alvo direto, mas algumas empresas de grande porte mundial e instituições como hospitais, prefeituras e etc foram atingidas, no Brasil também houve casos de infecção em departamentos do governo.


O ataque atingiu principalmente usuários do sistema Windows descontinuado, sistemas desatualizados e principalmente sem antivírus. Como o ataque foi principalmente visando a vulnerabilidade do Windows, alguns especialistas dizem que o antivírus não teria o que fazer em caso de ataque.

Se você foi atingido, com remover? O que fazer?
Primeiramente desconecte o equipamento da rede/internet, NÃO DESLIGUE ou REINICIE o equipamento, chame um técnico de confiança.
Já existe uma ferramenta para resolver o problema, mas não foi testada em todos os Windows, e claro, muitos espertinhos já estão se aproveitando da situação para colocar mais vírus na rede.

Como se proteger?
Primeiramente atualizar o Windows, instalar o path de correção da Microsoft, ou se caso você já tenha seu computador sempre atualizado, verifique as atualizações do Windows Defender.

Poderemos ter outro ataque?
SIM, os hackers não param, e especialistas dizem que um ataque em maior escala ainda pode ser considerado.

 

Escrito por: Daniel Hierikim (JPS Informática)
Site: www.jpsinformatica.com.br